Dependência de doces - como superá-la?

Dependência de doces - como superá-la?

Doces - enchem tempo de forma agradável, são aliados em momentos de tristeza, enriquecem tempo passado com a família. Como livrar-se deles, quando são tão deliciosos e trazem tanto prazer?

Comer doces faz-nos felizes, por isso decidimos escolhe-los. Até todos os dias. Naquelas alturas a falar num tom brincalhão dizemos que estamos viciado em doces. No entanto, tal vício realmente existe, embora em comparação com o alcoolismo ou dependência de drogas pode parecer algo muito trivial. Injustamente.

Onipresente açúcar

Doces, devido ao açúcar neles contidos ameaçam a nossa saúde. Embora no momento quando estamos a comer uma barra de chocolate faz nos sentir melhor a longo prazo tem influência destrutiva para o nosso organismo. Ainda por cima, o açúcar está em todo lado, Há muitos produtos já feitos, alimentos altamente processados, molhos, bebidas, snacks. Se queremos come-los de vez em quando, e também não nos limitamos em ingerir doces, tanto pior para nós. Devemos reduzir consideravelmente o consumo de açúcar, e acima de tudo, deixar de comer doces diariamente. Mas não é assim tão fácil, principalmente quando estamos com os nossos hábitos.

Em limitar doces pode nos ajudar adição na dieta mais frutas e sucos frescos. Em vez de açúcar para adoçar bebidas (e não só!) pode usar mel de boa qualidade ou mudar para a estévia. Doces e bolos comerciais devemos substituir com caseiros. Se decidir para comer chocolate, escolhe amargo, com o mais alto teor de cacau possível. Quando fazemos compras, devemos ler o rótulo - o conhecimento do que está nos produtos que compramos, vai nos permitir comprar de forma mais inteligente e para o benefício de saúde.
 

Quando os doces têm uma vantagem sobre si

Estamos a falar do vício quando as drogas interferem com o nosso funcionamento diário, e nós, apesar de estarmos conscientes deste fato, continuamos a usá-las. Não somos capazes de lidar com esta situação, pelo contrário - a necessidade de fazer algo, neste caso comer doces, é mais forte do que a nossa vontade e bom senso.

Tal vício devemos consultar com especialistas. A terapia é tão importante aqui como no caso de outros vícios, mesmo que ser viciado em doces ou açúcar seja menos falado do que o problema de alcoolismo, vício em tabaco ou excesso de trabalho. Na mudança para uma dieta saudável vai ajudar um nutricionista.