Úlceras gástricas - sintomas e tratamento

Úlceras gástricas - sintomas e tratamento

Antigamente eram chamados "doenças de diretor" pela associação com um estilo de vida stressante e dieta irregular. Os dois destes fatores hoje em dia não dependem do ambiente. Como reconhece-los e como cura-los?

De um ponto de vista biológico as úlceras gástricas é uma perda de mucosa no estômago, que também pode aparecer no duodeno. Podem variar em tamanho - de alguns milímetros até vários centímetros nas suas fases mais avançadas. Há várias razões de criação delas:

- Helicobacter pylori - bactéria, cuja presença pode ser determinada por um exame de sangue ou um teste disponível farmácia. A presença dela é transmitida através de alimentos ou saliva.

- Ácido clorídrico - um dos componentes do suco gástrico, é responsável por exemplo por neutralização de bactérias. O excesso dele favorece o desenvolvimento de úlceras.

- Bile - revogação da bile do duodeno para o estômago danifica à membrana mucosa.

- stress, abuso em álcool e cigarros - todos estes elementos contribuem para o excesso de produção de ácidos (também clorídrico).

Os sintomas mais comuns que devem chamar a nossa atenção são: azia, perda de apetite, inchaços, dor abaixo do esterno ou acima do umbigo, uma sensação de fome ou de acidez. A intensidade de dor ocorre imediatamente depois de comer, pode ser acompanhada por náuseas e vômitos.

O método básico para reconhecer úlceras é exame endoscópico. Introduz-se para dentro do esófago endoscópio com mini cam. Desta forma tira-se partes te tecido. Isso é necessário porque as feridas podem mudar em células cancerosas que têm aparência igual.

No caso de úlceras causadas por bactérias Helicobacter, as aflições são tratadas com terapia antibiótica e com os medicamentos de proteção, que reforçam o tecido da mucosa. Acontece que a cirurgia é necessária.

Os sintomas de úlcera podem ser aliviados com a dieta adequada. Foi provado que o fumo dos cigarros significativamente causa e aumenta defeitos da mucosa. Aconselha-se a excluir os alimentos fritos, gordurosos, picantes, vegetais marinados e ácidos, café, chá, álcool e bebidas com gás. Os médicos recomendam comer laticínios leves, carne cozida e magra, e geleias. Embora os úlceras três vezes mais ocorrem nos homens do que nas mulheres, em momentos de alto stress e longas horas no trabalho, todos estamos em risco.